Visitando a vinícola Santa Carolina em Santiago do Chile

Por Natália Góes


Na minha primeira visita a Santiago não tive a oportunidade de visitar a Santa Carolina  – eu não sabia o que estava perdendo! A vinícola é linda e o tour super original – até mesmo o presente que a vinícola dá a todos que fazem o tour é mais original que o das demais vinícolas que visitei em Santiago.

A beleza dos jardins da vinícola


Agendamento do tour


O agendamento da visita foi super fácil, diretamente pelo e-mail divulgado no site oficial. Enviei uma mensagem e poucos dias depois já recebi a confirmação do agendamento. Quem responde é a Andrea, chilena que fala português perfeitamente. É essencial fazer contato com qualquer vinícola com antecedência para reservar o tour desejado e se informar sobre horários disponíveis e valores.

Durante o agendamento não esqueça de mencionar que leu sobre esta visita em nosso blog.

Entrada da vinícola Santa Carolina

Transporte


Eu havia me planejado para ir de transporte público. A estação de metrô mais próxima chama-se Rodrigo de Araya e, após sair do metro, caminha-se por 15 minutos até a vinícola. Super fácil de chegar!! Desde a estação Manuel Montt (Providencia) até a estação Rodrigo de Araya eu perdi pouco mais de 30 minutos. Na volta também optei pelo metro.

Mapa mostrando a proximidade da estação Rodrigo de Araya com a Santa Carolina

Reserve seu hotel em Santiago sem nenhum custo adicional através deste link.

A Visita


A visita dura cerca de 45 minutos e se inicia nos jardins da propriedade. Andrea contou a história da vinícola, que tem mais de 140 anos. Logo depois nos levou para o interior da construção centenária, o casarão colonial onde viveram os fundadores da vinícola, hoje utilizada como escritório. Nosso grupo era pequeno, apenas 5 pessoas, e a visita foi super calma e rica em detalhes. As explicações foram todas feitas em português.

Jardim onde o tour tem início
Mais um pouco dos jardins da vinícola

Depois de conhecer o casarão e jardins internos, seguimos para conhecer a bodega de superfície e a cava subterrânea. A área da bodega pode ser reservada para realização de festas e eventos (fiquei sonhando com uma festa ali!). A propriedade é muito bonita!

Parte interna do casarão, que hoje é uma sala de reuniões

Jardim interno do casarão, preservando o estilo colonial

Barris onde se guardava o vinho produzido no passado

Área interna da bodega - neste local também se realizam eventos
Detalhe do piso da bodega

Cava subterrânea onde se guardava o vinho produzido

Uma das coisas que mais gostei no tour foi que a degustação acontece ao longo dele – achei super original! Provamos 3 vinhos ao longo da visita: um Sauvignon Blanc Reserva, um Petit Verdot Gran Reserva e um Cabernet Sauvignon Reserva de Família, respectivamente no casarão colonial, na bodega de superfície e na cava subterrânea.

Tudo pronto para a degustação de mais um vinho durante a visita à bodega de superfície


A visita termina na loja da vinícola, onde podemos comprar souvenires e vinhos em preços melhores que nas lojas da cidade.

Loja da vinícola Santa Carolina

Nesta propriedade não há vinhedos para visitação. Os mesmos estão em diferentes áreas do Chile.

Como cortesia da Santa Carolina, cada um dos participantes recebeu uma miniatura do vinho Cabernet Sauvignon Reserva. =)

Cortesia da Santa Carolina aos visitantes

Preço

$12.000 o tour + degustação (Fev/2017). O local também recebe eventos como festas, casamentos, etc. Fiquei só imaginando como deve ser lindo um casamento por lá <3


Santiago do Chile – Lista de posts relacionados:


Santiago do Chile - Roteiro de 3 diasChile: Roteiro de 8 dias em Santiago e redondezas


14 dias no Chile - Roteiro incluindo Santiago e as regiões do deserto do Atacama e do Vale de Colchagua

Cajon del Maipo, conhecendo as montanhas chilenas além das pistas de esqui


Visitando a vinícola Cousiño Macul em Santiago do Chile


***

Comentários

Postagens mais visitadas