Vale da Lua e Vale da Morte: Passeios imperdíveis no Deserto do Atacama

Por Natália Góes


Este foi meu quarto passeio no Atacama e um dos meus preferidos também!!! O lugar é incrivelmente lindo! Estes dois vales ficam interligados e se localizam bem próximos à San Pedro de Atacama, na Cordilheira de Sal.

O cenário fantástico do Vale da Lua


Fiz este passeio na parte da tarde, pois uma das minhas intenções era assistir ao pôr do sol. Fazia muito calor, mais de 30 graus (fev/2017)!! Se forem na mesma época e no mesmo horário que fui, podem ir com uma roupa mais fresca, mas levem um casaco para o momento do pôr do sol, pois quando começa a anoitecer o vento frio pode incomodar um pouco. Outra coisa super necessária é ir com um calçado adequado para caminhada. Diferente dos demais passeios que fiz, onde eu andei muito pouco, neste passeio fizemos uma trilha e se eu não estivesse com um calçado adequado seria bem complicado.

No centro da foto está a trilha por onde caminhamos; a paisagem era mais linda a cada minuto

Eu no ponto mais alto da trilha que fizemos


A guia Luana da empresa FlaviaBia Expediciones passou no meu hotel as 15:30 em uma van com motorista. O grupo para o passeio tinha 8 pessoas.

Estes vales ficam no setor mais árido do Atacama: por isso a ausência de vegetação e de vida animal. Ainda assim, acredite, o lugar é de uma beleza única!


Reserve seu hotel em San Pedro de Atacama sem custos adicionais usando este link.


O Tour



O passeio se inicia cruzando a Cordilheira do Sal, rumo ao Vale da Lua (Valle de La Luna em espanhol). São aproximadamente 20 minutos de van saindo de San Pedro de Atacama. Muitas pessoas optam por fazer este passeio por conta própria, indo de bicicleta ou mesmo de carro alugado, devido à proximidade do centro da cidade.

A Cordilheira de Sal é uma bela estrutura geológica onde as camadas sedimentares, antes horizontais, foram empurradas e dobradas pelos mesmos movimentos tectônicos que originaram a Cordilheira dos Andes. Algumas chegam a estar verticais!

Assim que acessei o Parque, a primeira parada foi nas cavernas de sal. Passei por dentro dela, por vezes em pedaços bem estreitos (sofri um pouco com meu 1,75m de altura), enquanto a guia Luana explicava sobre a formação das rochas presentes ali e sobre a formação desta caverna. A coloração da caverna vai mudando de acordo com o clima: quando fica muito tempo sem chover, a tendência é predominar o marrom, devido aos sedimentos que chegam até esta área provenientes das montanhas; mas como havia chovido bastante algumas semana antes, a cor predominante era o branco do sal durante a minha visita.

Caverna de sal


Depois iniciei a subida para apreciar o vale de cima. A subida é uma caminhada curta, porém cansativa (o calor e o sol ajudam a deixar mais sofrido), mas a paisagem la de cima é a melhor recompensa! É simplesmente incrível: dunas de areia e esculturas rochosas que parecem feitas à mão. O anfiteatro é uma das formas que mais chama a atenção.


Início da trilha

Apreciando a vista depois da subida

Anfiteatro


Depois de descer pela trilha seguimos explorando o parque; fomos até as esculturas naturais formadas pela erosão do vento: as Três Marias. Também visitamos a famosa Pedra do Coyote, onde já não é permitido o acesso devido ao risco de acidentes, mas está numa região ótima como mirante para o Vale da Lua.

Esculturas naturais: as Três Marias

Esta parece um dinossauro :)

A Pedra do Coyote fica ai do lado, mas está fechada. O jeito é explorar os outros locais... a vista continua linda!

Nesta foto dá para entender porque esta passeio foi um dos meus preferidos: é lindo demais!


Após as fotos e toda a explicação da guia, voltamos para a van e seguimos para o Vale da Morte, onde foi servido nosso coquetel bem durante o pôr do sol. O mais incrível de assistir o por do sol ali é ver o quanto às cores das montanhas mudam durante este evento: fica tudo num tom meio rosado, alaranjando; único! É bonito demais!!!

O pôr do sol mudando as cores da paisagem

E não é que ficou tudo rosa assim que o sol começou a se esconder...

Vale da Morte durante o pôr do sol


O retorno ao hotel aconteceu logo após o pôr do sol, cerca de 20:30h.



Quanto custa


Tour para o Vale da Lua e Vale da Morte com FlaviaBia Expediones: $30.000 pesos chilenos (Fev/2017). Este valor incluiu o tour, transporte hotel-excursão-hotel e um coquetel servido durante o pôr do sol.

Entrada no Vale da Lua: $3000 pesos chilenos (ingresso valido também para visitar a Pedra do Coyote - apenas no mesmo dia)

Entrada no Vale da Morte: $1000 pesos chilenos

Nosso coquetel servido pela equipe FlaviaBia Expediciones

Este era o visual no momento que nosso coquetel foi servido

O que levar


Fiz este passeio à tarde, em fevereiro. Fazia muito calor!! Mesmo assim, durante o pôr do sol o vento frio já incomodava um pouco e um casaco foi necessário.

Se fizer o passeio nas mesmas condições que eu, vista uma roupa leve e fresca, ideal também para a caminhada que é feita dentro do parque. Sapatos apropriados para a caminhada são fundamentais (tênis ou bota), além de um casaco para quando a noite chegar.

Levar também:

  • Protetor solar
  • Óculos de sol
  • Câmera fotográfica 
  • Água (1,5 a 2 litros)


Sobre a empresa escolhida para este passeio


Minha experiência com a FlaviaBia Expediciones foi maravilhosa em todos os passeios que fiz com eles! Guias excelentes, motoristas experimentes, kit de primeiros socorros, pontualidade, boa comida e atendimento diferenciado são os pontos fortes. Os pontos de parada para visita e fotos também são administrados ao longo do passeio de maneira a evitar aglomerações com grupos de outras empresas, permitindo aproveitar ainda mais cada lugar. Eu super recomendo!

Entrei em contato com a Flávia ainda no Brasil e escolhi os tours que gostaria de fazer de acordo ao tempo que teria no Atacama. Paguei 15% do valor como sinal (em reais num deposito no Banco do Brasil) e o restante em pesos chilenos diretamente na agência FlaviaBia Expediciones no dia que cheguei em San Pedro de Atacama.

Para demonstrar o quanto gostei do serviço prestado, conversei com a Flávia, proprietária da empresa, e combinei que os leitores do blog, nossos seguidores no Instagram e Facebook terão desconto ao fechar seus passeios com ela. Não é demais? Para obter o desconto é só dizer que viram as referências da empresa FlaviaBia Expediciones aqui no Profissão Turista :)

Contato FlaviaBia Expediciones: contato@flaviabiaexpediciones.com

Panorâmica mostrando um pouco da paisagem próxima à caverna de sal

Panorâmica mostrando parte da trilha que fizemos no Vale da Lua

Panorâmica do Vale da Lua: anfiteatro



Comentários

Postagens mais visitadas